PORTES GRÁTIS A PARTIR DE 50€

Qualidade e Tradição

QUALIDADE E TRADIÇÃO

PROVAVELMENTE O MELHOR VINHO DO MUNDO!

O vinho do porto é um vinho licoroso produzido a partir de uvas exclusivamente provenientes da mais antiga região demarcada do mundo, que foi decretada em 1756 pelo Marquês de Pombal. Uma região única no vale do rio Douro em Portugal, que reúne as virtudes de um solo xistoso e da sua privilegiada exposição solar, do seu microclima de estios abrasadores e invernos arrepiantemente frios, e o trabalho notável realizado pelo Homem com a construção de muros em xisto que prolongam as encostas que caracterizam o Alto Douro Vinhateiro – uma região classificada em Dezembro de 2001 pela UNESCO como Património da Humanidade. Aqui se produz um vinho de extremos e de excessos – um vinho verdadeiramente único, que é provavelmente o melhor vinho do mundo.
O vinho do Porto aqui produzido é feito a partir de uma ampla variedade de castas tradicionais, a maioria das quais nativas da região, e por isso perfeitamente adaptadas às condições quentes e áridas do Douro, estando isto na origem do carácter único e distinto do vinho do Porto. Uma enorme diversidade de tipos de vinho, que surpreendem pela sua riqueza, intensidade, aromas e cores, e pelo seu notável potencial de envelhecimento e longevidade, permitindo produzir uma ampla gama de estilos – um dos aspetos mais fascinantes do vinho do porto.
As primeiras exportações registadas de vinho com este nome ocorreram em 1678, mas foi na segunda metade do século XVIII que se assistiu ao início de uma série de práticas de “fortificação”. Estas consistiam na adição de aguardente vínica ao vinho durante a fermentação, fortificando-o, devido ao seu potencial superior de envelhecimento, o que o transformou no grande vinho do Porto que hoje conhecemos.
A comercialização e exportação do vinho do Porto estavam, até há relativamente pouco tempo, ligados ao rio e aos barcos rabelos. Estes transportavam os vinhos da região do Douro para as caves dos exportadores, localizadas no litoral, em Gaia, onde se crê que a última viagem comercial de um barco rabelo tenha ocorrido em 1964. Hoje em dia, com a linha férrea e as facilidades de transporte rodoviário, a tradição dos barcos rabelos já não existe, mas ficou para sempre ligada à imagem do vinho do Porto, bem como à sua história e tradição.

AS NOSSAS SUGESTÕES

Portes Gratis acima de 200

Pagamentos Seguros

Garantia de Qualidade

Satisfacao do Cliente